conciliar-vida-pessoal-profissional

Vida pessoal e profissional: 4 dicas para conciliar

No trabalho, são os relatórios, as reuniões, as obrigações e responsabilidades. Na vida pessoal, o lazer, a vida amorosa ou, até mesmo, o foco na leitura. Parecem até mesmo mundos diferentes, não é verdade? Pois é assim que devemos enxergá-los para viver uma vida mais saudável e completa.

Embora a vida profissional e pessoal, muitas vezes, se misturem — afinal, uma coisa influencia a outra —, devemos respeitar cada um desses nossos momentos. Assim, podemos garantir a eficiência no ambiente de trabalho e, ao mesmo tempo, curtir ao máximo os momentos a sós.

Sabendo que muitas pessoas enfrentam problemas semelhantes, resolvemos preparar um post com algumas dicas para conciliar a vida pessoal e a profissional. Confira logo a seguir!

1. Experimente pausas entre os momentos

Quem nunca saiu direto do trabalho para tomar uma cerveja com os amigos? Embora a ansiedade para socializar seja grande, é muito importante estabelecermos pausas entre as atividades diárias. Isso porque, normalmente, a carga de estresse de uma pode afetar o desempenho da outra. No caso, ainda não teríamos desconectado completamente do trabalho e suas responsabilidades.

O ideal é chegar em casa, tomar um banho e só depois pensar no lazer. Esse simples momento de relaxamento e desconexão já nos ajuda bastante a separar a vida pessoal da profissional.

2. Aprenda a delegar tarefas ou pedir ajuda

Workaholic. Esse virou o termo para designar aquela pessoa que não para de trabalhar. Isso acontece porque o profissional não sabe delegar tarefas ou pedir ajuda para os colegas de trabalho. Na maioria dos casos, o grande objetivo é ganhar destaque no trabalho, no entanto, em algum momento, a carga de estresse certamente contamina o profissional.

Claro que, em casa, a mesma coisa deve acontecer. É preciso que todos tenham uma função, para que ninguém fique sobrecarregado, dos filhos ao conjugue. Assim, dividindo responsabilidades, podemos também melhorar a qualidade de vida.

3. Tenha uma agenda pessoal e profissional

É muito importante estabelecermos as nossas prioridades durante o dia, tanto no ambiente de trabalho, quanto em casa. É justamente quando isso não acontece que as coisas começam a se misturar: o trabalho é levado pra casa e as pausas para a refeição no trabalho viram verdadeiras sociais.

Ter uma agenda separada é uma ótima alternativa para colocarmos ordem nessa rotina e não deixarmos nada importante passar em branco. Essa é a melhor maneira para separarmos essa nossa vida dupla.

4. Realize um planejamento geral

Por fim, é muito importante realizarmos um planejamento para a nossa vida como um todo. Afinal, embora seja importante separarmos o momento do trabalho daquele em que estamos na vida particular, o fato é que ambas as coisas estão interligadas e influenciam uma a outra.

Portanto, defina com clareza o que você espera para o seu futuro para que um lado não prejudique o outro. O foco é estudar para concurso e se casar? Então é melhor procurar um concurso na área onde o(a) conjugue mora, certo? Quer ser reconhecido no trabalho? Então destine um tempo da vida pessoal para os estudos ou algum curso, não é verdade?

Enfim, para conciliar a vida pessoal e a profissional, todas as decisões precisam estar interligadas.

Gostou do nosso post de hoje? Então que tal nos seguir nas redes sociais — Facebook e Instagram — e ficar por dentro de muito mais?

Coach Luiz Porto

Coach Luiz Porto Autor

Graduado em Administração de Empresas, Pós Graduado em Gestão de Pessoas e Mestre em Comportamento Humano. Formado como Coach na SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching). Atua em Coaching e Gestão de Pessoas há mais de 10 anos e tem passagens por diversas empresas nacionais e multinacionais.

Comentários

    Luiz Roberto Fava

    (02/05/2017 - 13:02)

    Lamento discordar. Vida é uma só. Ela tem oito aspectos: físico, emocional, intelectual, profissional, financeiro, lazer, relacionamentos (inclui a família e espiritual. Separar vida pessoal da vida profissional e como separar os dois hemisférios cerebrais. É impossível

Deixe uma resposta