Planejamento profissional: conquiste o sucesso em 2017

Quando você olha para trás e analisa o percurso percorrido até o ponto onde chegou, é comum ter a sensação de que muitas mudanças aconteceram por acaso. Uma sensação de que não era bem isso que você esperava para o seu futuro.

Esse sentimento é mais popular do que você imagina. Diversos profissionais seguem seu caminho sem planejamento, se agarrando às oportunidades que aparecem e, muitas vezes, mudando de rota sem nem perceber.

Assim como as empresas, que, a cada ano, delineiam um planejamento estratégico e traçam objetivos, metas e um plano de ação, você também deve ter o seu próprio planejamento profissional. Nele, poderá vislumbrar sua atual situação, traçar um caminho para corrigi-la ou aprimorá-la e assumir o controle da sua carreira.

Quer saber como realizar um planejamento profissional? Acompanhe nosso post!

Colete o máximo de informações possível

Comece por você. Avalie a sua satisfação com o trabalho, os aspectos positivos, os aspectos passíveis de mudança e seus desejos. Autoconhecimento é a chave para um planejamento profissional de sucesso, portanto, responda com honestidade.

Além disso, faça uma análise do mercado, verificando novas oportunidades, onde pode ser interessante investir ou para onde pode crescer. Se você tem interesse em uma área diferente da que está agora, pesquise ela também. Verifique se existe um ponto de intersecção que possa permitir uma transição gradual e que não impacte nas suas finanças.

Defina objetivos e metas palpáveis e quantificáveis

“Ser feliz” é um belo objetivo, o mais universal de todos. No entanto, é muito abstrato. Assim como “trabalhar com o que gosto”, ou “ter mais tempo para a família”. Quem traça objetivos desse tipo costuma fracassar, e o motivo é simples: eles não podem ser alcançados através de ações práticas.

Traduza seus sonhos e desejos em objetivos palpáveis. Se ter mais tempo para a família é importante, estipule como objetivo para 2017 ter uma jornada de trabalho de 6 horas diárias. Se você já possui uma lista de objetivos, revise-a e transforme cada item que não puder quantificar.

Em seguida, trace metas para atingir cada um desses objetivos. As metas também devem ser palpáveis e, acima de tudo, realizáveis. Seguindo o exemplo acima: se, para reduzir sua jornada a 6 horas diárias, você estipular como meta “nunca mais atrasar nenhum relatório”, irá fracassar.

Ao invés disso, trace planos executáveis, considerando que nenhuma mudança poderá ocorrer e se consolidar de um dia para o outro.

Planeje sua carreira a curto, médio e longo prazo

Aliado à ideia de que nada acontece de um dia para o outro estão os conceitos de curto, médio e longo prazo. Pense onde você quer estar daqui há um ano (curto prazo), cinco (médio prazo), dez (longo prazo), vinte e assim por diante.

Dessa maneira, as ações a serem tomadas para o planejamento de 12 meses precisam estar em consonância com os objetivos estipulados para o futuro que você planejou. Isso ajudará na hora de tomar decisões importantes e entender o que será benéfico para o seu crescimento profissional ou não.

Visite o seu planejamento profissional a intervalos regulares

Um planejamento profissional não é um pedaço de papel no qual você escreve seus desejos e joga no fundo da gaveta. Ele deve ser um guia, um mapa para nortear suas decisões.

Além disso, é importante que você avalie, de tempos em tempos, se está conseguindo cumprir as metas e caminhar em direção aos seus objetivos. Ou, então, se precisa redefinir os planos. Para isso, visite o seu planejamento regularmente. A cada três meses é o ideal.

Procure ajuda

Um bom planejamento profissional, coerente e executável, pode ser difícil de fazer. Para ajudar você nessa tarefa, existem cursos específicos de preparação. Se preferir, pode contratar o acompanhamento de um processo de coaching, ideal para quando você sente que não sabe por onde começar.

Motivou-se para iniciar uma revolução na sua vida profissional em 2017? Entre em contato com a gente, com certeza vamos poder ajudar!

Coach Luiz Porto

Coach Luiz Porto Autor

Graduado em Administração de Empresas, Pós Graduado em Gestão de Pessoas e Mestre em Comportamento Humano. Formado como Coach na SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching). Atua em Coaching e Gestão de Pessoas há mais de 10 anos e tem passagens por diversas empresas nacionais e multinacionais.

Deixe uma resposta