Coaching: 5 dicas para aproveitar melhor o seu coach

Quem nunca se queixou de sofrer pressão no trabalho, que atire a primeira pedra. Em meio a uma crise, é natural que as empresas reduzam equipes e busquem ampliar os lucros, o que resulta em um trabalho árduo para quem se mantém empregado. E não há quem ouse reclamar, afinal manter-se no mercado de trabalho atualmente é uma dádiva.

Essa realidade leva algumas pessoas a procuraem um coach, o que representa uma atitude sensata e benéfica. O problema é que muitos acabam saindo frustrados do processo pelo simples fato de não saberem como aproveitar melhor o coach.

O que todos temos em mente é que o coach é um profissional capacitado para ajudar as pessoas a solucionar seus dilemas profissionais. 

Mas antes de buscar um profissional, existem algumas perguntas que você necessita fazer a si mesmo: estou mesmo disposto a mudar de atitude, caso seja necessário? Meu objetivo depende só de mim mesmo? Se respondeu sim, vá em frente e confira as 5 dicas abaixo para aproveitar melhor o que esse profissional tem a lhe oferecer.

1. Seja comprometido

Estar comprometido significa estar disposto a fazer as mudanças necessárias para atingir seu objetivo. Tenha em mente que você nem sempre vai ouvir do seu coach que está no caminho certo e pode continuar agindo da mesma forma de sempre.

Se fosse assim, nem seria necessário passar pelo processo. Você precisa entender quais as ações necessárias para posicionar-se na direção do seu objetivo e começar a colocá-las em prática, sessão a sessão.

2. Entenda que o seu objetivo depende só de você

De nada adianta chegar logo na primeira sessão dizendo que quer ser promovido na empresa, se você não estiver disposto a promover as mudanças para que isso aconteça.

O coach não tem o poder de mudar a cabeça do seu chefe para que ele o promova. O trabalho deste profissional consiste em fazer com que você reveja suas atitudes, de modo a merecer a promoção. O coach será um facilitador do caminho que você pretende percorrer, mas cabe a você dar cada passo.

3. Seja humilde

Reconhecer que há um longo caminho a ser percorrido e que você necessita de ajuda profissional para trilhá-lo fará com que você seja mais receptivo a sugestões e mudanças.

4. Defina com clareza o seu objetivo

Você já ouviu dizer que, quando você não sabe onde quer chegar, qualquer lugar serve? E se fosse para chegar a “qualquer lugar”, você não precisaria consultar um profissional, poderia ir sozinho.

Portanto, você precisa estar certo do que quer para, só então, começar a traçar as estratégias que o levarão até esse lugar. Tente controlar a ansiedade, afinal, os resultados não vêm de uma só vez: são pequenas conquistas diárias que farão a diferença.

5. Seja sincero

Quando você tenta “enrolar” o seu coach dizendo que está tomando certas atitudes, enquanto na verdade continua com velhos hábitos, você está enganando a si mesmo.

O profissional está aí para ajudá-lo, mas os benefícios serão somente seus. Se você mentir, o coach continuará trilhando a carreira dele, e talvez você não consiga alavancar a sua. Portanto, transparência é fundamental.

Se você gostou das nossas dicas para aproveitar melhor o coach, assine nossa newsletter e fique sempre por dentro das novidades. 

Coach Luiz Porto

Coach Luiz Porto Autor

Graduado em Administração de Empresas, Pós Graduado em Gestão de Pessoas e Mestre em Comportamento Humano. Formado como Coach na SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching). Atua em Coaching e Gestão de Pessoas há mais de 10 anos e tem passagens por diversas empresas nacionais e multinacionais.

Deixe uma resposta