Aceite o Desafio de se Comunicar Bem

Já escrevi a respeito e penso que ainda vou repetir muitas vezes a mesma coisa: o principal problema que você tem em sua empresa é de comunicação! Acertei?

Não me consta que tenha errado em alguma enquete semelhante. Todos os consultados costumam concordar. Então, esse é um tema clássico e recorrente.

Comunicação é uma palavra que vem do latim, comunicare, que significa compartilhar. Compartilhar, por sua vez, implica estar em território comum. E essa é a questão: nem sempre as pessoas estão no mesmo território, principalmente líderes e colaboradores.

Quando as pessoas estão em territórios diferentes, não existe possibilidade de compreensão mútua. Eis outra palavra significativa. Compreender é diferente de entender. Com significa junto e preender é entender. Então compreender é mais que entender. Compreender é entender junto.

Deixando a etimologia de lado, vamos ao que interessa. Os três principais erros do líder que comunica mal são: primeiro, ser fornecedor de respostas, independente das perguntas terem sido ou não formuladas; segundo, falar mais do que escutar; terceiro, pouco se importar com a opinião dos outros.

“É claro que, com esses erros, não vai dar certo”, você deve estar pensando, na certeza de que seu caso é outro. Mas esses erros são mais comuns do que se imagina ou admite e ainda existe um quarto erro fatal.

  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • Google+
  • Evernote
  • Gmail
  • YahooMail
  • reddit

Para que a comunicação seja eficaz, considere a figura de um iceberg. Na parte visível, está aquilo que é comunicado. Na submersa, a intenção de quem comunica. Compreender a intenção da mensagem é fundamental para o seu entendimento. Líderes costumam dar ordens sem esclarecer as intenções. Esse é o quarto erro, comum e fatal.

Quando o líder esclarece a intenção, ele dá qualidade à comunicação. Quando o por que é compreendido, o como torna-se inteligível.

Esclarecer a intenção aumenta a qualidade da comunicação. Acrescente a essa mais quatro dicas eficazes:

1. Não espere que seus colaboradores venham até você, mas vá aonde eles estão e comunique-se com eles no território deles;

2. Faça perguntas, pois isso ensina seus colaboradores a pensar as respostas e, assim, a comunicação fica de mão dupla;

3. Entenda por território os dois espaços, o físico e o de comunicação, deixando que os colaboradores ocupem a maior parte de ambos e, sobretudo, permita que as pessoas falem mais e, de preferência, não digam o que elas acham que você gostaria de ouvir, mas sim o que sentem e pensam;

4. Reconheça e valorize aquilo que é dito, independente da qualidade das respostas. Assim, todos se animarão em expressar suas ideias, opiniões, pontos de vista. Livre e sinceramente.

Comunicação é e sempre será um grande desafio, não apenas na empresa, mas em todas as nossas relações. Como muitas outras coisas na vida, é uma questão de aprendizado e visão aberta. Experimente!

Roberto Tranjan
Texto publicado em:
http://blog.metanoia.com.br

Coach Luiz Porto

Coach Luiz Porto Autor

Graduado em Administração de Empresas, Pós Graduado em Gestão de Pessoas e Mestre em Comportamento Humano. Formado como Coach na SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching). Atua em Coaching e Gestão de Pessoas há mais de 10 anos e tem passagens por diversas empresas nacionais e multinacionais.

Deixe uma resposta