7 informações que tornam seu currículo fraco e ultrapassado

Em fase de contratação, os recrutadores costumam receber dezenas de currículos diariamente, por isso há informações que nem sempre são interessantes serem inseridas.

\n\n

No primeiro momento, o recrutador irá passar os olhos rapidamente pelo currículo do candidato, então é preciso ter cuidado para fornecer as informações certas, assim há mais chances de chamar a atenção dele.

\n\n

Além disso, um bom currículo deve ser bem estruturado. Por isso, para te ajudar nesta missão, listamos 7 informações que tornam o seu currículo fraco, e portanto, devem ser deixadas de lado. Acompanhe o artigo e construa um currículo que será bem visto pelos recrutadores!

\n\n

1. Excesso de menções às experiências anteriores

\n\n

Mesmo que você tenha trabalhado em 15 lugares diferentes em sua carreira, procure ser mais conciso em seu currículo. Insira somente as experiências mais atuais e que tenham alguma ligação com o cargo pretendido.

\n\n

2. Dados pessoais desnecessários

\n\n

Inserir dados como endereço completo, número de benefícios pessoais ou histórico escolar, por exemplo, é completamente irrelevante. Atenha-se ao básico: nome, idade, região em que mora, estado civil, número do telefone e e-mail. São essas informações que o recrutador realmente vai levar em conta.

\n\n

3. Telefones de pessoas para dar como referência

\n\n

Se antigamente os recrutadores exigiam telefones de referência para checar informações, hoje em dia isso é pouco usual e desnecessário, por isso mantenha esse dado fora de seu currículo, a não ser que a empresa peça especificamente.  

\n\n

4. E-mail pouco profissional

\n\n

O e-mail de contato é, sem dúvidas, muito importante para qualquer currículo, por isso, passar um e-mail com apelido, números aleatórios, ou palavras de baixo calão, está fora de questão. Considere criar uma segunda conta de e-mail que soe mais profissional, contendo nome e sobrenome, e evite uma péssima primeira impressão.

\n\n

5. Pretensão salarial

\n\n

Evite colocar a pretensão salarial no currículo, pois inserir essa informação pode fazer com que pareça pouco realista, dependendo da empresa e do cargo pretendido. Prefira guardar essa informação para a entrevista, caso seja solicitada.

\n\n

6. Endereço de redes sociais

\n\n

Outra informação que torna o seu currículo fraco são os endereços de suas redes sociais. Bem como as referências e a pretensão salarial, somente passe algum endereço do seus perfis nas redes se for solicitado, caso contrário você poderá parecer muito informal e pouco profissional.

\n\n

7. Foto 

\n\n

Imprimir uma foto no currículo, além de tomar um espaço que poderia ser utilizado com informações mais úteis, é desnecessário. Primeiro porque a resolução nem sempre fica das melhores no papel, e segundo, os recrutadores devem avaliar os candidatos pelas habilidades e competências ali expostas, e não pela aparência. 

\n\n

Dica: cuidado com a estrutura para evitar um currículo fraco

\n\n

Mesmo que seu currículo esteja repleto de informações relevantes, se não for bem formatado e estruturado, ele será mal visto pelos recrutadores. Utilize fontes neutras que são de fácil entendimento.

\n\n

Além disso, padronize a estrutura e tamanho da fonte de seu currículo, evite enfeitar cabeçalhos e rodapés e não abuse de cores nas fontes – utilize a cor preta, que é mais básica. Tomando estes cuidados, você estará um passo à frente na busca pelo emprego dos sonhos!

\n\n

Você costuma utilizar algumas das informações listadas acima? Conte pra gente aqui nos comentários!

Coach Luiz Porto

Coach Luiz Porto Autor

Graduado em Administração de Empresas, Pós Graduado em Gestão de Pessoas e Mestre em Comportamento Humano. Formado como Coach na SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching). Atua em Coaching e Gestão de Pessoas há mais de 10 anos e tem passagens por diversas empresas nacionais e multinacionais.

Deixe uma resposta