5 dicas para fazer uma recolocação profissional com sucesso

Conseguir uma recolocação profissional no mercado de trabalho de hoje é um desafio e tanto. Sabemos como pode ser assustador ter de lidar com uma demissão e voltar – às vezes depois de anos e anos em uma mesma empresa – a atualizar o currículo, cadastrá-lo em sites de busca de emprego e participar de entrevistas, mas nada de derrotismo!

Use sua experiência e a prosperidade do mercado de trabalho e não deixe de seguir nossas dicas. Elas vão te dar o suporte que faltava para você se encher de confiança e conseguir as melhores oportunidades.

1. Organize sua nova rotina em favor de sua recolocação profissional

Ficar em casa longe da rotina de trabalho pode ser desmotivador. Tente não se acomodar, trabalhe a favor da recolocação profissional, destinando um período do seu dia para se ocupar disso: cadastre seu currículo em sites especializados, analise as demandas das vagas que mais te interessam, mande e-mails para headhunters da sua área e reforce contatos.

Se você ainda não conhece o termo headhunter, não se preocupe. Esse profissional qualificado pode te auxiliar muito na procura por uma recolocação. Ele é contratado por empresas para descobrir a pessoa ideal para o cargo oferecido, como montar um quebra-cabeças. Fique esperto, uma dessas vagas pode ser sua!  

2. Trace uma trajetória da sua vida profissional

Reveja todos os trabalhos que você já fez e coloque tudo no papel. É uma tarefa árdua, que exige tempo e paciência, mas será crucial para entender seu perfil profissional, traçar objetivos para o futuro, reforçar suas competências e destacar suas maiores habilidades. Tente se lembrar de dados empíricos também, como sua atuação em um trabalho que alavancou a porcentagem de vendas em determinado período. Enfatize a sua evolução dentro da empresa e seus aprendizados.

3. Atualize seu currículo

Parte inevitável da busca por um novo emprego é a atualização do currículo. E pode ter certeza: você vai atualizá-lo várias vezes. Isso porque um currículo precisa ser certeiro, ou seja, dependendo da vaga para a qual você está se candidatando, é necessário dar mais destaque para um ou outro cargo, uma ou outra habilidade. Veja como a Rh Inteligente pode te ajudar a dar um upgrade no seu currículo,  

4. Não subestime o networking

Não é mentira que o networking faz milagres. Resgate e-mails de amigos da faculdade, de estágio, de empregos anteriores, mas sempre personalize o contato e se coloque à disposição para sanar dúvidas e bater um papo pessoalmente. Não faça um e-mail padrão e “dispare” para cinquenta pessoas de uma vez. Pode ser o famoso QI (Quem Indica) o responsável por marcar a entrevista certeira que te recolocará no mercado. Se não tiver uma conta no LinkedIn, abra uma com o currículo resumido e adicione contato de pessoas importantes, inclusive de Headhunters da sua área, eles têm acesso a muitas vagas de emprego que podem te interessar. Mantenha suas redes atualizadas e faça apenas comentários profissionais pertinentes.

5. Estude seu currículo

Você já sabe que, ao atualizar um currículo, nunca deve mentir sobre cargos, funções e habilidades. Mas ir preparado para uma entrevista significa conhecer profundamente o próprio currículo. Esteja preparado para destrinchar todos os itens da sua função, com exemplos e outros dados práticos. Você pode contar com a ajuda profissional de um Coaching, que te dará ferramentas essenciais para ter essas informações na ponta da língua e sair na frente de qualquer candidato.

Invista nessas dicas para ter sucesso na recolocação profissional e aproveite este momento para traçar os próximos passos em direção ao futuro de modo mais certeiro e sólido e realizar-se profissional e pessoalmente.

Ainda tem dúvidas? Deixe um comentário!

 

Coach Luiz Porto

Coach Luiz Porto Autor

Graduado em Administração de Empresas, Pós Graduado em Gestão de Pessoas e Mestre em Comportamento Humano. Formado como Coach na SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching). Atua em Coaching e Gestão de Pessoas há mais de 10 anos e tem passagens por diversas empresas nacionais e multinacionais.

Deixe uma resposta